29,30 de Junho e 01 de Julho

29,30 de Junho e 01 de Julho

Prefeitura de São Mamede têm transporte sanitário aprovado pela Comissão Intergestores Regional

Vários municípios, a exemplo de Patos, Quixaba, Matureia, Mãe D’Água, Santa Luzia e São Mamede tiveram seus projetos de transporte sanitário aprovados (Veja abaixo relação) no dia de ontem, durante reunião da CIRs – Comissão Intergestores Regional do Sertão, ocorrida no auditório da 6ª Gerência Regional de Saúde, em Patos. Com a aprovação dessas demandas dos municípios pela CIRs, eles ficam aptos na operacionalização do transporte de usuários do SUS que necessitam de tratamento fora domicílio (ambulâncias e vans). A resolução, aprovada anteriormente pelos conselhos municipais dos referidos municípios, seguem para a Comissão Estadual e depois dessa para apreciação do Ministério da Saúde, a quem cabe liberar os recursos de emendas parlamentares.

Vários projetos foram apreciados, dentre os já citados, no encontro desta terça-feira (20), que contou com a presença, não somente dos secretários de Saúde, mas de coordenadores de vigilância em saúde, apoiadores municipais e institucional e do Cosems - Conselho Estadual de Secretarias Municipais de Saúde. Para José Leudo, gerente regional de saúde, a aprovação do transporte sanitário é necessário para que os usuários possam ter maior segurança e qualidade do serviço no deslocamento para outras localidade, quando necessitam de consulta, tratamento.

O Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde, uma das iniciativas do Ministério da Saúde, cuja proposta é oferecer de forma integral acesso de qualidade ao SUS, para foi amplamente detalhado aos municípios, que conheceram diretrizes e metas que devem ser atendidas, através da fala da coordenadora de epidemiologia da regional, Marivalda Xavier. Ela também destacou sistemas de notificação de agravos de doenças, de nascidos vivos e mortalidade.

A imunização, com destaque para a febre amarela, soro antiofídico, antirrábica foi o outro tema esclarecido por Socorro Guedes, que coordena o setor na regional Patos. Ela explicou todos os procedimentos adotados pelo Estado em parceria com a 6ª Gerência para imunizar contra febre amarela aqueles que precisam viajar para áreas de risco.


A CIR, regulamentada por decreto federal e vinculada à Secretaria de Estado da Saúde e que reúne gestores municipais, tem inúmeras atribuições no âmbito do SUS, como discutir aspectos financeiros, administrativos, integração de ações e serviços de saúde, através de pactuação, dentre outras.

JefteNes

0 comentários:

O seu comentário é sua total responsabilidade.