quinta-feira, 24 de julho de 2014

temerO presidente nacional do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer (SP), chega nesta quinta-feira (24) à Paraíba, onde participa de programação da campanha a governador do estado do candidato da coligação Renovação de Verdade (PMDB-PT), Vital do Rêgo. Temer passa o dia inteiro em João Pessoa, onde concede entrevista coletiva e se reúne com lideranças do partido de toda a Paraíba.
 Michel Temer, que novamente vai disputar o cargo de vice-presidente da República na chapa encabeçada pela presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição na coligação PT-PMDB, chega a João Pessoa por volta das 10h. No mesmo voo, virá o senador e candidato a governador Vital do Rêgo, que passou esta quarta-feira (23) em Brasília, em atividades do seu mandato de senador da República..
Após o desembarque, Michel Temer, Vital e outros membros da comitiva seguirão direto para a sede do Diretório Regional do PMDB, na Avenida Duarte da Silveira, onde  Temer concederá uma entrevista coletiva à imprensa paraibana.
Após a entrevista, na própria sede do Diretório Regional do PMDB, Michel Temer participa de um encontro com deputados estaduais, deputados federais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de diretórios municipais do partido e lideranças diversas.
Na oportunidade, eles debaterão sobre estratégias nos municípios visando o fortalecimento da campanha e formas de levar a mensagem e as propostas de Vital para o governo do estado, a toda a Paraíba. “Será um momento importante da nossa campanha, uma espécie de largada dos guerreiros espartanos, para a grande campanha que temos pela frente”, afirmou Vital.
Este será o primeiro grande ato político do qual irá participar Michel Temer, já como candidato à reeleição, em favor de Dilma e, na Paraíba, de Vital, candidato de uma coligação que envolve PMDB e PT, a mesma aliança nacional que tem Dilma e Temer como candidatos a presidente e vice, respectivamente. Às 13hs, Michel Temer deixa a Paraíba, retornando a Brasília.
Michel Temer reassumiu na última quarta-feira (16) a presidência nacional do PMDB, posto do qual estava licenciado desde o último mês de março de 2013, quando foi reeleito para o comando da legenda. “Poderei ter um protagonismo maior de natureza exclusivamente política, não apenas administrativa. Esse protagonismo significa que vamos percorrer o país exatamente para tentar em todos os Estados fazer prevalecer o nosso PMDB”, afirmou Temer, na oportunidade.
http://www.blogdogordinho.com.br/
Mais informações »

EM SÃO MAMEDE: COMUNIDADE DE SERRA BRANCA CELEBRA ABERTURA DO TRÍDUO A SANT' ANA

A comunidade rural de Serra Branca em São Mamede celebrou na noite desta quarta-feira dia 23/07, a abertura festiva do tríduo a Sant'Ana, a celebração aconteceu na histórica Capela de Sant'Ana e foi presidida por Padre Fabrício Dias Timóteo. 

Momento de ação de graças que reuniu toda comunidade para festejar o inicio desta bonita festa do Povo de Deus para avós de Jesus, como noitarios tivemos a comunidade São Sebastião e a Igreja Matriz. Apos a celebração aconteceu um momento de quermesse, com bingos e barracas com lanches.

PacomSãoMamede





Mais informações »

MORRE AOS 87 ANOS O ESCRITOR PARAIBANO ARIANO SUASSUNA

Escritor, dramaturgo e poeta, Ariano Suassuna morreu de parada cardíaca; ele estava internado na UTI do Real Hospital Português, no Recife (PE), desde a noite de segunda-feira; Suassuna foi submetido a uma cirurgia de emergência após ter sofrido um AVC do tipo hemorrágico; o escritor nasceu na Paraíba, mas morava no Recife; é autor de peças teatrais, como O Auto da Compadecida, e de romances, como A Pedra do Reino
Pernambuco 247 - Morreu nesta quarta-feira 23 o escritor, dramaturgo e poeta Ariano Suassuna, aos 87 anos. O paraibano estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Real Hospital Português, no Recife (PE), desde a noite de segunda-feira. Suassuna chegou a ser submetido a uma cirurgia de emergência após ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.
O escritor estava em coma, respirando com a ajuda de aparelhos e tinha o estado de saúde grave e instável. No boletim divulgado nesta quarta-feira, os médicos relataram agravamento em seu quadro de saúde, que apresentou queda na pressão arterial e pressão intracraniana elevada.
No ano passado, o escritor sofreu um infarto, e dois dias depois de receber alta, deu entrada novamente no hospital por causa de um aneurisma cerebral. Na última sexta-feira (18), Ariano Suassuna participou de uma aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns, no agreste pernambucano.
Ariano Suassuna nasceu na Paraíba, mas morava no Recife. É autor de peças teatrais famosas, como O Auto da Compadecida, e de romances, como A Pedra do Reino.
Abaixo, reportagem da Agência Brasil:
Morre o escritor Ariano Suassuna
Marcelo Brandão - Morreu hoje (23) o escritor, poeta e dramaturgo Ariano Suassuna. Ele estava internado, desde segunda-feira (21) no Real Hospital Português, após ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico. Suassuna, que tinha 87 anos, morreu às 17h15, de parada cardíaca, provocada pela hipertensão intracraniana. A família ainda não informou os detalhes do funeral.
Nascido em João Pessoa, quando a capital paraibana ainda se chamava Nossa Senhora das Neves, em 1927, ainda adolescente, Ariano Vilar Suassuna foi morar no Recife, onde terminou os estudos secundários e deixou seu nome marcado na cultura brasileira, especialmente no teatro e na literatura.
Em 1946, na capital pernambucana, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco, junto com o amigo Hermilo Borba Filho. No ano seguinte, escreveu sua primeira peça teatral, Uma Mulher Vestida de Sol, seguida de Cantam as Harpas de Sião e Os Homens de Barro. Em 1955, escreveu sua obra mais popular, Auto da Compadecida, que conta as aventuras de dois amigos, Chicó e João Grilo, no Nordeste brasileiro. A peça foi adaptada duas vezes para o cinema, em 1969 e 2000.
Suassuna continuou criando, escrevendo peças de teatro, romances e poesias. O Santo e a Porca, Farsa da Boa Preguiça e Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta são algumas das dezenas de obras dele. A maioria delas foi traduzida para outros idiomas, como francês, alemão, espanhol, inglês e holandês. Em 1989, passou a ocupar a Cadeira nº 32 da Academia Brasileira de Letras.
Carismático, Suassuna esbanjou simpatia por onde passou. Mais recentemente, apresentou sua "aula-espetáculo" por todo o Brasil, onde ensinou formas de arte para o público e mostrou a riqueza da cultura do país, contando histórias, "causos" e piadas. Suassuna mostrou ao povo brasileiro como ele é inventivo, engraçado, esperto e interessante e provou que não existe nada do lado de lá das fronteiras que possamos invejar.
Em uma de suas últimas passagens por Brasília, Suassuna encerrou a aula-espetáculo valorizando, não sua obra, mas a de outro brasileiro. O escritor citou o filósofo Matias Aires como exemplo da qualidade nacional, mas também como um resumo da sua própria trajetória, "e da de todos nós", neste mundo.
"Quem são os homens mais do que a aparência de teatro? A vaidade e a fortuna governam a farsa desta vida. Ninguém escolhe o seu papel, cada um recebe o que lhe dão. Aquele que sai sem fausto, nem cortejo, e que logo no rosto indica que é sujeito à dor, à aflição, à miséria, esse é o que representa o papel de homem. A morte, que está de sentinela, em uma das mãos segura o relógio do tempo. Na outra, a foice fatal. E, com esta, em um só golpe, certeiro e inevitável, dá fim à tragédia, fecha a cortina e desaparece", disse, então, Ariano Suassuna.
247Brasil
Mais informações »

quarta-feira, 23 de julho de 2014

ALPB aprova projeto que garante meia-entrada a professores

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou nesta terça-feira (22/07) um projeto de lei que garante a concessão de meia-entrada para professores das redes pública e privada de ensino. A matéria é de autoria do deputado Gervásio Maia (PMDB) e modifica a lei 9.669/2012, criada pelo mesmo parlamentar, que regulamentou a concessão do benefício no estado.

Segundo o texto do projeto, a meia-entrada para os professores vale para cinemas, casas de espetáculos, teatros, campos de futebol, entre outros. Para ter acesso ao benefício os profissionais devem apresentar Carteira de Trabalho com anotação de cargo de professor, contracheque, carteira de identificação profissional ou carteira de meia-entrada (emitida por entidade estudantil).

Na justificativa da matéria o deputado Gervásio Maia afirma que os professores recebem baixos salários e em função disso se faz necessário apresentar formas de compensação à categoria. O parlamentar argumenta ainda que a medida faz parte de uma tendência nacional.

O projeto agora segue para a análise do governador Ricardo Coutinho (PSB), que pode sancioná-lo ou vetá-lo.

Fonte: Mais Patos
Mais informações »

Prefeita Francisca Motta entrega ambulância e inaugura sede da Subprefeitura

A Prefeita de Patos, Francisca Motta, entregou na noite desta terça-feira, 22 de julho, uma ambulância e a nova sede da Subprefeitura do Distrito de Santa Gertrudes, que beneficiará a população do local com o atendimento de diversos serviços.

Segundo a Prefeita, a inauguração da nova sede da Subprefeitura, bem como, a entrega da ambulância representa uma conquista para a população, uma vez que era uma reivindicação dos moradores. “O prédio está totalmente climatizado, estruturado e pronto para os serviços de atendimento a população, o que irá facilitar muito para todos da localidade, tendo em vista, a descentralização dos trabalhos burocráticos e demandas do cotidiano. Entregamos também uma ambulância grande, estruturada e tenho certeza que isso ajudará bastante a população e as equipes de saúde, no momento dos atendimentos”, comentou Francisca Motta.

A solenidade de entrega aconteceu às 18h, e contou com a participação de secretários do governo municipal, vereadores e a população que prestigiou o momento com bastante entusiasmo. “Para a população do Distrito de Santa Gertrudes isso é muito bom, pois são melhorias que irão servir a todos”, disse a dona de casa e moradora do Distrito, Clara Alves.

De acordo com a Subprefeita do Distrito de Santa Gertrudes, Vera Candeia, os investimentos do Governo Municipal estão mudando a realidade dos moradores. “Tanto o prédio da Subprefeitura, como a entrega da ambulância, são ações que beneficiam a população de maneira direta. Além disso, temos a construção do Ginásio que está em fase de acabamento, a iluminação do acesso do Distrito ao Conjunto Maria Guedes e a academia de saúde que será instalada em breve”, comentou.

A secretária de Saúde do Município Ilanna Motta, lembrou a revitalização e ampliação da UBS Antônio Urquiza, localizada no Distrito, após a entrega das chaves da ambulância, junto com a Prefeita Francisca Mo
tta.

Ascom
Mais informações »

IBOPE: DILMA MANTÉM DIANTEIRA EM 1º E 2º TURNO

: Pesquisa Ibope, divulgada nesta terça (22), apresenta cenário mais favorável à presidente Dilma Rousseff (PT) do que o último Datafolha; na disputa pelo segundo turno, Dilma vence nos dois cenários: ela soma 41% tanto quando enfrenta Aécio (que fica com 33%) quanto quando o adversário é Campos (que soma 29%); no entanto, avaliação do governo segue em baixa: apenas 31% avaliam como ótimo e bom; sobre a forma da presidente Dilma governar, aprovação é de 44%; confira todos os dados
22 DE JULHO DE 2014 ÀS 21:13

247 - Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (22) pelo Jornal Nacional, da TV Globo, mostrou que a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, tem 38% dos votos. Em segundo lugar aparece o candidato do PSDB a presidente do país, senador Aécio Neves, com 22% das intenções de votos. O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato a Presidência pelo PSB, aparece com 8% dos votos. O Pastor Everaldo tem 3%.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em junho, Dilma aparecia com 39%, Aécio com 21% e Campos com 10%. O candidato do PSC, Pastor Everaldo, alcançou 3% das intenções de voto, mesmo percentual do levantamento anterior.

Confira abaixo os números do Ibope, segundo a pesquisa estimulada, em que os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor (os candidatos que aparecem com 0% são os que tiveram menos de 1% das menções cada um):

- Dilma Rousseff (PT): 38%
- Aécio Neves (PSDB): 22%
- Eduardo Campos (PSB): 8%
- Pastor Everaldo (PSC): 3%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Zé Maria (PSTU): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidelix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
- Branco/nulo: 16%
- Não sabe/não respondeu: 9%

O Ibope fez a pesquisa entre as últimas sexta (18) e segunda (21). O instituto ouviu 2.002 eleitores em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00235/2014.

Pesquisa espontânea

Na parte da pesquisa em que os entrevistadores do Ibope simplesmente perguntaram ao eleitor em quem votará (sem apresentar a ele a relação dos candidatos), 26% mencionaram Dilma. Veja abaixo:

- Dilma Rousseff: 26%
- Aécio Neves: 12%
- Eduardo Campos: 4%
- Outros: 2%
- Brancos/nulos: 17%
- Não sabe/não respondeu: 39%

Segundo turno

O Ibope fez simulações de segundo turno entre Dilma e Aécio e entre Dilma e Campos. Os resultados são os seguintes:

- Dilma Rousseff: 41%
- Aécio Neves: 33%
- Branco/nulo: 18%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Dilma Rousseff: 41%
- Eduardo Campos: 29%
- Branco/nulo: 20%
- Não sabe/não respondeu: 10%

Rejeição

A pesquisa aferiu a taxa de rejeição de cada um dos candidatos, isto é, aquele em quem o eleitor diz que não votará de jeito nenhum. Dilma tem a maior rejeição e Eduardo Jorge, a menor:

- Dilma Rousseff: 36%
- Aécio Neves: 16%
- Pastor Everaldo: 11%
- Zé Maria: 9%
- Eduardo Campos: 8%
- Eymael: 8%
- Levy Fidelix: 8%
- Luciana Genro: 6%
- Mauro Iasi: 6%
- Rui Costa Pimenta: 6%
- Eduardo Jorge: 5%
- Poderia votar em todos: 13%
- Não sabe/não respondeu: 17%

Expectativa de vitória

De acordo com o Ibope, 54% dos entrevistados (independentemente da intenção de voto) acham que o futuro presidente da República será Dilma Rousseff; 16% opinaram que será Aécio Neves; 5% acreditam que será Eduardo Campos.

Desejo de mudança

Aumentou do desejo de mudança do eleitorado em relação à pesquisa anterior. No levantamento anterior, de maio, 65% diziam que gostariam de mudar tudo ou quase tudo no governo. Agora, os mudancistas são 70%. Eles se dividem em dois grupos: 29% gostariam que o próximo presidente mudasse totalmente o governo do País (eram 30% em maio), e outros 41% querem que o próximo governante mantenha alguns programas mas mude muita coisa – ante 35% na pesquisa anterior.

Segundo 18% dos eleitores, o próximo presidente deveria fazer poucas mudanças e manter muitas coisas – ante 21%. Para 10%, a próxima gestão deveria dar total continuidade ao atual governo. Os que queriam total continuidade eram 9% em maio.

Situação econômica

A maior parte dos eleitores classifica a atual situação econômica do Brasil como regular. É a opinião de 48%, segundo o Ibope. Partes equivalentes avaliam que a economia está boa ou ótima (24%), ou julgam que, ao contrário, a situação econômica está ruim ou péssima (25%).

O Ibope também perguntou aos eleitores sobre suas expectativas para a economia do País em 2015. A maior parte (41%) acredita que a situação estará no próximo ano igual a como está hoje. Outros 34% acreditam que estará melhor, e 18%, que ficará pior do que em 2014.

Avaliação do governo Dilma:

Bom/Ótimo - 31%

Regular - 36%

Ruim/Péssimo - 33% 

Forma de governar de Dilma

Aprovam - 44%

Desaprovam - 50%

A sondagem foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

247Brasil 
Mais informações »

terça-feira, 22 de julho de 2014

Comunidade de Serra Branca Vivencia Festa de Sant'Ana em São Mamede, Confira:

A Comunidade Sarra Branca em São Mamede tem a honra de convidar todos os devotos de Santa Ana para participarem das festividades em sua homenagem, na ocasião convidamos  sua comunidade para vivenciar juntos esse momento de fé e devoção.

*De 23 a 25/07/2014, celebração do tríduo e quermesses.

*Dia 26/07/2014 Missa Solene, às 19 horas, Dimensão Social (Leilões e Animação com Deca do Acordeom)  

*Dia 27/07/2014 Domingo, às 14 horas, cavalhada de Santa Ana (argolinha).  
    
Na oportunidade temos a alegria de receber sua comunidade para rezarmos juntos nesse momento de graça em Cristo Jesus .  

Contamos com sua participação todos os dias, especialmente, no ponto alto da nossa festa, dia 26/07 dia dos avós de Jesus Cristo, Santa Ana e São Joaquim .

Participe!  
PASCOM SÃO MAMEDE
Mais informações »

Começam as obras de rejuvenescimento da Rodovia Itó Morais no Vale do Sabugi

Depois de uma longa espera, de vários e vários anos, e várias gestões governamentais, enfim começa o trabalho de rejuvenescimento da PB-221, Rodovia Itó Morais, assinado pelo governador Ricardo Coutinho, no Orçamento Democrático, na cidade de Patos. 

A obra era para ter sido iniciada no dia 14 de abril deste ano, com término no dia 19 de Julho, mas devido motivos dos quais não sabemos, o serviço ainda não havia começado e a população chegou a pensar que novamente teria sido enganada.

Mas hoje, 22 de Julho, finalmente foi dado inicio a obra. Máquinas e homens na pista, metade da estrada arrancada, mostrando assim que teremos algo feito por nós que aguentamos essa buraqueira e obras de tapa buracos por tanto tempo.

Fonte: Gaby Medeiros
Foto: Virgínia Maria 
Mais informações »

Ministério Público Federal pede ação penal pública contra ex-senador paraibano Efraim Morais, do DEM

Ministério Público Federal  pede ação penal pública contra ex-senador paraibano Efraim Morais, do DEMO Ministério Público Federal no Distrito Federal pediu à Justiça a abertura de ação penal pública contra o ex-senador Efraim Morais (DEM-PB), o ex-diretor-geral adjunto do Senado José Alexandre Lima Gazineo e cinco empresários, informa o jornal O Globo.

Efraim e Gazineo são acusados de realizarem contratações sem licitação no Senado, entre 2006 e 2008, na época em que o então senador ocupava o cargo de 1.º Secretário da Casa.

Segundo reportagem publicada no portal de notícias yahoo, o Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) pediu à Justiça a abertura de ação penal pública contra o ex-senador Efraim Morais (DEM-PB), o ex-diretor-geral adjunto do Senado José Alexandre Lima Gazineo e cinco empresários. Efraim e Gazineo são acusados de realizarem contratações sem licitação no Senado, entre 2006 e 2008, na época em que o então senador ocupava o cargo de 1.º Secretário da Casa. A suposta irregularidade resultou na contratação de empresas da área de comunicação para serviços de clipagem eletrônica e divulgação institucional do Senado na internet, de acordo com o Ministério Público.

A denúncia foi apresentada à Justiça no início do mês, depois da análise de seis contratos - quatro deles no valor de R$ 48 mil cada, com vigência de 12 meses. Em nota divulgada nesta segunda-feira, o MPF informa que seu Núcleo de Combate à Corrupção constatou que Gazineo e Efraim admitiram irregularmente as contratações sem licitação, como se elas se enquadrassem na categoria de inexigibilidade de licitação, o que não era o caso, segundo o MPF.

"Foram omitidas, entre outras exigências: a elaboração de documento com caracterização do objeto a ser adquirido e explicitação das razões da contratação direta. Além disso, não houve a publicação do extrato de inexigibilidade de contratação com informações sobre a contratada, data de início da vigência, seu valor e duração", diz o texto divulgado pelo MPF.

Mais detalhes clique aqui

Redação com globo.com e yahoo
Mais informações »

Campanha Eleitoral ainda não chegou ao Vale do Sabugi

As cores e som das eleições de 2014 ainda não chegaram ao interior do estado, pelo menos na região do Vale do Sabugi.

Os candidatos estão ainda concentrados nas grandes cidades, como João Pessoa e Campina Grande, em reuniões de coordenação e construção de estratégias eleitorais.

Talvez só no mês de agosto sejam inaugurados comitês em São Mamede dos candidatos a deputados estadual e federal e os candidatos da majoritária visitem a cidade.

Sertão1
Adaptação BlogSãoMamede1
Mais informações »

DILMA REDUZ IMPOSTOS DE MAIS 174 REMÉDIOS

: Lista com isenção de impostos passa a ter 1.645 produtos com a atualização dos preços da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); "pacote de bondades" do governo Dilma Rousseff garante que 75% dos remédios
 comercializados no País terão preço reduzido; medida visa reduzir o custo para o tratamento de artrite reumatoide, câncer de mama, leucemia, hepatite C, doença de Gaucher e HIV, entre outros.

Os medicamentos que passaram a ter a isenção do PIS/COFINS chegam mais baratos nas farmácias a partir desta segunda-feira (21). O governo federal ampliou em 174 a lista de substâncias que ficam livres da cobrança desses tributos, o que deve levar a uma redução de 12%, em média, nos preços dos produtos. A chamada “lista positiva”, com a inclusão dos novos produtos, já soma mais de mil itens com sistema especial de tributação, o que representa 75,4% dos medicamentos comercializados em todo o País.

Atualmente, quase a totalidade dos medicamentos tarja vermelha e preta estão isentas de PIS/COFINS. Essa medida visa reduzir o custo para a população com medicamentos essenciais, utilizados para o tratamento de artrite reumatoide, câncer de mama, leucemia, hepatite C, doença de Gaucher e HIV, entre outros.
Os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) na seleção das substâncias que terão o benefício levam em consideração as patologias crônicas e degenerativas, os programas de saúde do governo instituídos por meio de políticas públicas e a essencialidade dos medicamentos para a população. Para fazerem jus ao benefício, os medicamentos devem estar sujeitos à prescrição médica e estarem destinados à venda no mercado interno.
A Câmara de Regulação é responsável pelo monitoramento dos preços dos remédios e por garantir que as reduções tributárias sejam integralmente refletidas nos preços fixados como teto para os produtos.
http://www.brasil247.com/

Mais informações »

Índice Band: Dilma tem 50% dos votos válidos e vence no 1° Turno

A cobertura da disputa eleitoral da Band terá uma ferramenta especial em 2014, para ajudar o eleitor a entender como anda a evolução dos candidatos.

Trata-se do Índice Band, novidade do "Band Eleições", programa que estreou nesta segunda (21) e irá ao ar todas as segundas-feiras, após o CQC. O índice vai mostrar semanalmente a evolução de votos na disputa presidencial com base nos dados de vários institutos de pesquisa.

Na primeira análise, o índice aponta que, se a eleição fosse hoje, a presidente Dilma Rousseff (PT) teria 50% dos votos válidos. Aécio Neves (PSDB) teria 27% do total das urnas, enquanto Eduardo Campos (PSB) ficaria com 14% da preferência dos eleitores e o Pastor Everal (PSC), 4%.

O responsável pelo Índice Band é o cientista político Antonio Lavareda, que analisa as pesquisas registradas e divulgadas, sempre fazendo uma média ponderada –  ou seja, sintetizando todos os dados em um único índice, apenas com os votos que seriam válidos.

http://noticias.band.uol.com.br/
Mais informações »

Sabugy oficializa inscrição na 2ª divisão do Campeonato Paraibano

No penúltimo dia de prazo para as inscrições de clubes que querem disputar a segunda divisão do Campeonato Paraibano, o Leonel de Campina Grande e o Sabugy de Santa Luzia confirmaram oficialmente a intenção de participar da divisão de acesso do Estadual da Paraíba. Com essas duas equipes, o torneio, atualmente, conta com a presença de 13 equipes inscritas.

As inscrições para a competição, na verdade, já foram prorrogadas duas vezes. E vem tendo procura recorde porque a Junta Administrativa da Federação Paraibana de Futebol (FPF) perdoou as dívidas de todos os clubes profissionais da Paraíba, o que abriu caminho para times antes impossibilitados de jogar estas competições.

No entanto, essas confirmações oficiais não são certezas de participação. Isso porque o congresso técnico da segundona está marcado para sexta-feira, e na reunião que vai definir o sistema de disputa do torneio alguns clubes podem desistir de jogar. Os participantes, por exemplo, ainda têm que indicar em qual estádio irão mandar seus jogos (a equipe que não indicar uma praça esportiva em condições para sediar seus jogos também terá que ficar de fora do torneio).


A Associação Atlética Leonel é uma agremiação esportiva de Campina Grande e foi fundada em 1983. Em 2007, disputou pela primeira vez a segunda divisão do Campeonato Paraibano. O clube deve sediar seus jogos no Amigão.

Já o Sabugy Futebol Clube, de Santa Luzia, foi fundado em 1923 e é um dos clubes mais antigos do Estado. Sua última participação no torneio foi em 2005. O clube deve indicar o José Cavalcanti, em Patos, como local para mandar suas partidas.

Fonte: GEPB
Mais informações »

São-mamedenses criam correntes de oração pela vida do Pr. Erideval que sofreu grave acidente no Piauí.

Aconteceu na noite deste domingo 20/07 na cidade de Parnaíba no Piauí um grave acidente envolvendo o pastor Erideval que morou por vários anos em São Mamede e na cidade conquistou inúmeras amizades onde desenvolveu um belíssimo trabalho a frente da igreja Missão Evangélica Pentecostal.

Evangélicos e católicos lamentam o acontecido e em uma corrente de oração, se unem para pedir a DEUS a saúde deste grande pregador da palavra do senhor.

Pessoa bastante cativante, o pastor Erideval comandou a igreja evangélica pentecostal por vários anos na cidade de São Mamede onde fez milhares de amigos e admiradores. Fez programa na rádio comunitária 104,9 fm onde realizava uma programação diferenciada e ganhou adeptos pelo seu jeito alegre e descontraído de ser.

Veja uma dos pedidos de oração de uma das amigas do pastor que circula no facebook:

Pessoal, peço orações pelo Pastor Erideval. O pastor Erideval foi atropelado ontem a noite e precisa muito de nossas orações, pois ele se feriu bastante. 

Jokebedes, muita força para você e os meninos, principalmente para Ester, que graças a Deus não se feriu, mas estava no momento do acidente. Não posso dizer que vai dar tudo certo, pois não sou ninguém, mas posso dizer que o nosso Deus é o Deus de ontem, hoje e sempre. 

É aquele mesmo Deus de milagres, de todos aqueles que lemos na bíblia e de todos aquele que vemos no nosso dia a dia, assim como é o Deus da providência e Deus que dá a cura. Eu creio nisso, assim como você. Amo muito vocês, e não consigo imaginar a dor que está passando, mas acima disso está o amor e o conforto de Deus, pois ele é capaz de tudo, inclusive de mudar esse quadro. Fique com Deus, e saiba que todo mundo (todo mundo mesmo!) está orando por vocês!

O blog  São Mamede 1 torce o roga a Deus, que o amigo Erideval volte logo ao ceio familiar e continue sua caminhada cristã propagando o evangelho do senhor Jesus Cristo.

Blog Revista São Mamede
Via postagem do facebook
Blog SãoMamede1/Zé Luiz Mineiro
Mais informações »

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Revista Veja destaca Cássio como ficha suja que se aproveita de brechas na lei para ser candidato

Revista Veja destaca Cássio como ficha suja que se aproveita de brechas na lei para ser candidatoO senador e candidato ao governo da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) foi alvo de matéria da revista Veja de ontem em sua versão online. Na matéria, as jornalistas, Laryssa Borges e Marcela Mattos destacaram que o tucano foi alvo de processo e poderia ser enquadrado como ficha-suja, mas com as brechas da lei conseguiria, segundo a reportagem, assim como outros políticos, tentar se manter no poder, em algum cargo público, neste caso, como governador.

Confira a publicação:

Eleições 2014

As brechas na Lei da Ficha Limpa nas eleições pelo país

Ministério Público lança cruzada para barrar ao menos 360 políticos das eleições deste ano, mas tropeça em legislação nova e sem jurisprudência

escrito por: Laryssa Borges e Marcela Mattos, de Brasília

Criada em 2010 para promover uma depuração ética na lista de políticos que pleiteiam disputar cargos eletivos, a Lei da Ficha Limpa enfrentará seu mais duro teste em outubro e poderá banir das urnas políticos que, a partir de seus currais eleitorais, se perpetuavam impunes na administração pública. Pela primeira vez, a lei será aplicada a deputados, senadores, governadores e candidatos à Presidência da República.

Ainda que a lei esteja plenamente em vigor, o Ministério Público Eleitoral, responsável por contestar pelo menos 360 candidaturas – número que vai aumentar nas próximas semanas – com base na nova legislação de inelegibilidades até agora, prevê que políticos e advogados devem utilizar as mais diversas artimanhas para explorar brechas na Lei da Ficha Limpa e se apresentar normalmente como opção ao eleitor. Desde o início do mês, procuradores se lançaram em uma verdadeira cruzada contra políticos enrolados na Justiça, mas manobras e lacunas na lei acabam permitindo que corruptos sigam adiante nas urnas.

A exigência de ficha limpa nas eleições não é criação brasileira. Estados Unidos, Espanha, África do Sul, Uruguai, Luxemburgo, Austrália, França e Bélgica também têm legislações que impedem, em diferentes situações, a candidatura de condenados, mas nenhuma delas é tão abrangente quanto a versão sancionada no Brasil em junho de 2010. Entre os australianos, por exemplo, são inelegíveis para os cargos de senador e deputado federal pessoas penalizadas a mais de um ano de prisão, independentemente do crime cometido. Na Espanha, são barrados os condenados por terrorismo e crimes contra as instituições do Estado, mesmo que ainda recorram da sentença.

No Brasil, mesmo tendo sido apontada como marco moralizador na seara política, a Lei da Ficha Limpa não consegue retirar da vida pública boa parte dos candidatos enrolados com a justiça. Até a última sexta-feira, o banco de dados do MP registrava 605.081 informações sobre possíveis casos de inelegibilidade, que vão desde contas rejeitadas em municípios até condenações por tráfico de drogas e assassinato. Descontados os dados em duplicidade e as informações de pessoas que acabaram não se candidatando, é a partir dessa cifra que procuradores eleitorais partem para elaborar os pedidos de impugnação. Em todo o país, 1.850 candidaturas estão sendo contestadas por ações apresentadas pelo próprio MP ou por partidos e políticos.

Lacunas - Desde as últimas eleições, os procuradores mapeiam brechas que podem jogar por terra a inelegibilidade de um candidato e permitir que corruptos disputem normalmente o processo eleitoral. Para integrantes do Ministério Público, uma das principais lacunas da lei é a que permite que a Justiça suspenda a proibição do candidato disputar caso considere que ele pode reverter a condenação que o deixou de fora das urnas. O artigo 26-C da Lei da Ficha Limpa estabelece que “o órgão colegiado do tribunal (...) poderá, em caráter cautelar, suspender a inelegibilidade sempre que existir plausibilidade da pretensão recursal”.

"A nossa tradição era a de produzir efeitos das decisões judiciais depois que elas transitaram em julgado. Como isso não estava produzindo efeito, porque as decisões demoram uma eternidade, o legislador trocou esse valor da segurança jurídica pelos valores da moralidade. Mas isso gera um problema, porque se tem uma decisão que é reversível e pode deixar de acontecer até o fim da eleição. Se o juiz entender que o recurso é muito plausível e que aquela decisão parece estar errada, ele pode fazer isso. Mas é uma brecha que jogou a responsabilidade para o tribunal superior. O ideal seria que a inelegibilidade fosse decorrente do trânsito em julgado, mas que esse transito em julgado ocorresse logo", afirma o procurador eleitoral Elton Ghersel.

Entre as catorze hipóteses para barrar um político nas eleições, a Lei da Ficha Limpa também prevê, por exemplo, que condenados por improbidade administrativa sejam impedidos de disputar a preferência do eleitor. Mas no registro das candidaturas, nem a Lei Eleitoral nem resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) exigem que os candidatos apresentem certidões cíveis, documentos onde ficam registradas essas ações de improbidade. A partir do registro de cada candidato, o Ministério Público tem apenas cinco dias para contestar a pretensão do político ao cargo e corre contra o tempo para encontrar irregularidades.

Quando os procuradores se deparam com notórios fichas sujas, como o ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf, e o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, conseguem impugnar as candidaturas mesmo se eles marotamente tiverem omitido as certidões cíveis. Com um universo de mais de 24.000 candidatos nas eleições deste ano, porém, boa parte dos candidatos – desconhecidos – passa imune à peneira da Lei da Ficha Limpa. Situação parecida ocorre quando candidatos tentam ser eleitos após terem sido condenados por conselhos profissionais. A Lei da Ficha Limpa determina a inelegibilidade dos que foram excluídos do exercício da profissão por faltas ético-profissionais, mas no registro da candidatura não é exigido nenhum atestado de nada consta de conselhos profissionais. Mais uma vez, cabe ao Ministério Público organizar um mutirão para encontrar os condenados profissionalmente e questionar suas candidaturas.

Em 2012, quando a Lei da Ficha Limpa foi aplicada pela primeira vez, a reprovação de contas de prefeitos e vice-prefeitos foi a principal causa de registros negados pela Justiça Eleitoral. Mas também neste ponto da lei os fichas sujas utilizam interpretações conflitantes nos tribunais para seguir em frente com as candidaturas. Embora alguns tribunais tenham considerado que a rejeição de contas é suficiente para tornar o candidato inelegível, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem decisões que exigem a reprovação das contas também pelos legislativos municipal, estadual ou pelo Congresso, o que permite que políticos avancem no processo eleitoral mesmo com aparente violação à Lei da Ficha Limpa.

"Antes, ao se deparar com uma irregularidade, o próprio tribunal de contas poderia declarar um candidato inelegível. Hoje tem de ser um ato de improbidade doloso e será o juiz eleitoral que dirá se a prática foi ou não proposital. Com essa mudança, o caso para na Justiça e torna o processo muito mais demorado. São tantas ações que talvez o MP não consiga aplicar tudo que saiba. Eles não têm tempo. Com isso, um ou outro candidato irregular acaba sendo beneficiado e liberado para disputar as eleições", afirma Walter Costa Porto, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Pelo fato de as novas regras de inelegibilidade terem sido aplicadas apenas nas eleições de 2012, quando foram eleitos prefeitos e vereadores, a Justiça Eleitoral ainda não enfrentou todas as possibilidades de questionamento da lei, o que amplia ainda mais as brechas e contestações judiciais. O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, por exemplo, foi condenado em segunda instância por improbidade dias depois de apresentar o registro de sua candidatura na Justiça Eleitoral, mas poderá receber aval para concorrer e ficar inelegível apenas em 2016. A brecha que beneficia o político se baseia no fato de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter decisões segundo as quais o único momento para enquadrar os políticos na Lei da Ficha Limpa é o registro da candidatura, quando Arruda ainda não tinha sido penalizado pela justiça.

"A lei precisa ser interpretada e agora é hora de os tribunais fazerem construções jurisprudenciais. Doutrina e jurisprudência são justamente o que aperfeiçoariam a aplicação da Ficha Limpa. É, sem duvida, o que deve acontecer de agora em diante. A lei é nova e ainda não tem casos precedentes", aponta o ex-presidente do TSE Carlos Velloso. "A lei foi avanço enorme no processo eleitoral brasileiro. Se existe alguma brecha, nós vamos sustentar a aplicação em sua inteireza", afirma o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Na Paraíba

Ex-governador da Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tenta voltar ao posto mesmo após ter sido condenado por abuso de poder político e econômico durante campanha à reeleição. Segundo a Justiça, ele distribuiu 35.000 cheques para eleitores sob o argumento de se tratar de um programa assistencial e promoveu sua candidatura em um jornal oficial. Apesar de ter a candidatura impugnada pelo MP, o senador alega que já cumpriu a pena de três anos e que, mesmo se forem aplicados os oito anos de inelegibilidade, o prazo também já teria se encerrado.


Confira a matéria no site clicando aqui

Veja
PBAgora
Mais informações »